ANEINFRA e AEDNIT dão apoio ao levantamento de profissionais para criação de Pós-graduação.

Reunião entre IOP e ANEInfra.

Conforme relatado em nosso Blog, no artigo IOP e ENAP discutem sobre a criação de Pós-Graduação em Gestão Pública voltada para Obras Públicas, o IOP tem empenhado esforços em promover a criação, no âmbito da Administração Pública, de um curso de especialização voltado para agentes públicos na condução do processo de planejamento, concepção e implantação de obras públicas, em especial obras de infraestrutura.

O IOP defende que tal curso seja oferecido de modo permanente, e que congregue profissionais das mais diversas áreas da infraestrutura, tais como energia, trasporte, infraestrutura hídrica, entre outras.

A Administração Pública tem adotado o método de fragmentação da classe técnica nos mais diversos órgãos e entidades que lidam com obras públicas. Isso resulta em ausência de unidade técnica para lidar com essa questão, resultando em dificuldade de interação, na troca de experiência, na gestão das obras de infraestrutura e na comunicação fazendo, o que dificulta a padronização e e o compartilhamento de soluções de problemas, cujas técnicas já são dominadas há décadas.

O IOP também vê a importância dos efeitos práticos na aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso. Por esta razão, o IOP defende que a metodologia de ensino seja orientada a estudos de casos concretos, onde as diversas fases do empreendimento são analisadas caso a caso, em sua integralidade, propiciando que tais estudos sirvam de referência para planejamento, concepção e implantação de futuros empreendimentos.

Considerando o amplo plano federal de implantação de infraestrutura, não há dúvidas de que existe demanda para um curso desta natureza, o qual vise manter a formação e a especialização de agentes públicos na área da infraestrutura. Nesta primeira fase, o IOP está propondo a criação do curso junto à ENAP, mas nada impede que, futuramente, outras instituições de ensino também ofereçam tal curso.

Reuniões com ANEInfra e AEDNIT

Com essa preocupação em foco, o IOP tem agendado reuniões com diversas entidades de classe com o objetivo de discutir essas ideias, de conseguir apoio e de encontrar profissionais qualificados para serem selecionados como potenciais instrutores deste curso. Entre elas, o IOP já se reuniu com representantes da Associação Nacional de Analistas e Especialistas em Infraestrutura (ANEInfra) e com representantes da Associação dos Engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (AEDNIT). Estas entidades congregam grande parte de profissionais com a experiência necessária para a condução do referido curso.

Reunião entre IOP e ANEInfra.
Reunião entre IOP e ANEInfra

Na reunião entre IOP e ANEInfra, realizada no dia 28 de abril de 2015, participaram o Sr. Rodolpho Salomão, Presidente da ANEInfra, e o Sr. Tetsu Koike, Diretor de Estudos e Pesquisa. Representando o IOP, participaram o Sr. Willian Bueno, Presidente do IOP, e o Sr. Ednilson Oliveira, Diretor de Estudos.

Reunião entre IOP e AEDNIT
Reunião entre IOP e AEDNIT

Na reunião entre IOP e AEDNIT, realizada no dia 29 de abril de 2015, participaram o Sr. Paulo Moreira Neto, Presidente da AEDNIT, e os Senhores Ganderlan Ferreira e André Martins, ambos integrantes da Diretoria da AEDNIT. Representando o IOP, estiveram presentes o Sr. Willian Bueno, Presidente do IOP, e os Senhores Ednilson Oliveira e Antônio Leite, ambos Diretores do IOP.

A ANEInfra tem como finalidade principal congregar e representar os Analistas de Infraestrutura e os Especialistas em Infraestrutura Sênior, os quais desempenham atribuições governamentais ligadas à área de infraestrutura planejadas e financiadas pelo Poder Executivo Federal. São profissionais de nível superior, com formação voltada para as diversas áreas da engenharia, arquitetura e desenvolvimento urbano. A expertise desses profissionais, admitidos por concurso público, foi adquirida com o vulto das obras do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), nas principais áreas de infraestrutura pública, que atualmente representa o maior esforço realizado, nas últimas décadas, pelo Governo Federal para o desenvolvimento da infraestrutura do país. Dessa forma, a ANEInfra congrega diversos profissionais com experiência nas mais diversas áreas da infraestrutura, inclusive nas áreas voltadas para o planejamento, fase esta tão importante quanto a do projeto em si.

A AEDNIT, assim como a ANEInfra, também tem como finalidade principal congregar e representar os Analistas de Infraestrutura de Transportes do DNIT, também admitidos por concurso público. Assim, ela congrega uma parcela de profissionais com nível superior na área de engenharia de transportes, com larga experiência em obras rodoviárias, as quais envolvem as principais expertises técnicas da engenharia de obras rodoviárias, levando a bagagem de décadas de investimento nessa área, desde o extinto DNER até os dias atuais, com os investimentos do PAC para a melhoria e o desenvolvimento da infraestrutura de transportes rodoviários. Portanto, a AEDNIT é fonte de excelentes profissionais para disseminar o conhecimento voltado para a execução de empreendimentos de obras de grande magnitude na área de infraestrutura de transportes.

A reunião com tais associações se demonstrou positiva. Houve a resposta no sentido de apoiar a iniciativa, de divulgá-la no âmbito dos respectivos associados e profissionais atuantes nas áreas, com um comprometimento informal em colaborar no que fosse preciso. Sendo assim, o IOP, avalia que há a reciprocidade, com estas associações, no entendimento de ser necessário a realização deste curso de pós-graduação e de que a própria Administração Pública já possui profissionais experientes e com a competência para serem potenciais instrutores deste curso. Assim, o IOP continua realizando o seu levantamento destes profissionais e convoca os mesmos a se candidatarem como potenciais instrutores e a opinarem sobre a realização deste curso.

Além disso, o IOP está realizando o detalhamento da grade do curso. Neste detalhamento serão apontadas as principais disciplinas, os estudos de casos considerados mais importantes para serem estudados, para que então se possa dar continuidade ao levantamento de profissionais para serem alocados em cada uma das demandas do curso.

Autores: Ednilson Oliveira e Willian Bueno

Anúncios